Treinos Curtos e Intensos RESULTAM ou NÃO?

Nos dias que correm, tempo é o nosso maior ativo e se pudermos ter melhores resultados com os nossos treinos e economizar o nosso tempo (e dinheiro) para outras tarefas igualmente importantes como trabalho e família, então porque não??


As aulas H.I.I.T. (High Intense Interval Training) são muito procuradas, hoje em dia, pelas suas principais características de curta duração, fácil coordenação, alta intensidade e claro, pelos resultados imediatos (ou pelo menos, pela sensação de trabalho/treino feito).


Apesar de não ser para todos e de ser necessário ter algumas bases fundamentais de resistência e técnica para executar esse tipo de aulas, normalmente quem experimenta fica fã. Desde aplicações para telemóvel, ginásios, estúdios, entre outros, poderá encontrar este tipo de aula um pouco por todo o lado muitas vezes com outro tipo de nome (ex: total burnout, cross training, circuito, etc). É importante por isto, que consulte um profissional de exercício antes de iniciar a sua prática, pois existe muita “desinformação” e “influência” que poderá causar confusão e até mesmo lesão.


Esta forma de aulas encontra-se no top 10 das tendências do fitness para 2022, de acordo com ACSM (American College Sports Medicine).


Os estudos realizados demonstram que realizar esforços de alta intensidade e curta duração intercalados com curtos períodos de recuperação melhoram o processo de queima de gordura pelo corpo. Mas o treino H.I.I.T. trás outros benefícios:


· Ajuda a queimar significativamente mais calorias comparativamente com outro tipo de treino de igual duração de tempo.

· Aumenta o efeito EPOC (Excess Postexercise Oxygen Consumption), ou seja, o excesso de consumo de oxigénio pós-exercício. O que faz com que com que o metabolismo continue acelerado até uma média 24 horas após o treino. O que se traduz numa queima maior de calorias.

· Promove uma maior resistência muscular e cardiovascular a curto e médio prazo, mesmo em atletas.

· Permite manter a massa muscular, logo é um ótimo complemento para quem procura conciliar com um treino de hipertrofia ou de resistência muscular.

· Promove uma melhoria do bem-estar a curto, médio e longo prazo.

· Normalmente realizado com exercícios de fácil coordenação e de baixa complexidade.

· Realiza exercícios funcionais que utilizam maioritariamente grandes grupos musculares para promover um maior dispêndio energético.

· O H.I.I.T. aumenta a tolerância à acumulação de ácido láctico. Um participante regular deste treino poderá sempre fazê-lo com mais intensidade melhorando assim a sua resistência e crescimento muscular.

· O HIIT também melhora a sensibilidade à insulina o que, consequentemente, otimiza a recuperação e construção muscular.

· Pode ser realizado com o peso do participante ou com o uso de equipamento ou ambos

· Promove igualmente uma resistência mental e uma melhoria na auto-estima

· Para além de eficiente, um treino H.I.I.T. é também muito conveniente, pois os treinos poderão variar entre 4 a 30 minutos.

· Causa menos “stress” nas articulações, quando comparado com treinos de médio/alto impacto de 45/60 minutos.


Em resumo, a participação regular em treinos H.I.I.T. melhora a saúde no geral, promovendo um aumento das capacidades físicas e mentais dos participantes num curto, médio e longo prazo.

Paralelamente com uma alimentação saudável os resultados poderão ser bem visíveis!!


Reforço, contudo, que consulte o seu médico ou profissional de exercício para a realização este tipo de atividade ou caso de dúvidas contate-me para mais informação.


Bons treinos!


Luís Barbudo

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo